//

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Tomie Ohtake

Morreu hoje aos 101 anos a artista  Tomie Ohtake. Dona de uma criatividade e um instinto de renovação aguçado, Tomie, que nasceu no Japão e desembarcou no Brasil em 1936, se consagrou logo nos primeiros trabalhos, em 1960, e manteve tal maestria ao longo dos anos e nas diferentes fases de sua pintura, gravura e escultura. O domínio total de seu trabalho e ideias fizeram da artista dona de sua arte, e não refém dela, como muitos nomes que se perderam na história. Tal controle fez sua maturidade pessoal e profissional caminharem juntas, como pode ser visto em suas pinturas, que mudaram, em primeiro momento, na imaterialidade aparente para um estudo profundo e perturbador da relação da cor com a forma. E as renovações não pararam por ai. A partir dos anos 1980, novas referências permearam o trabalho da artista: a alusão à natureza deu espaço às formas orgânicas; paisagem, frutas; o sensual ao francamente sexual. E, com isso, as telas, ao invés dos planos coloridos chapados, ganharam manchas justapostas e sobrepostas. Já nos anos 1990, e até os dias atuais, a transparência e a profundidade se acentuaram nos trabalhos.






Tomie Ohtake 

1913 - 2015





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...