quarta-feira, 29 de novembro de 2017

HAVANA LIVING TODAY por Hermes Mallea

Natal chegando e você ainda não sabe o que dar para aquela pessoa que curte decoração ou que goste de ver livros com lindas fotos? HAVANA LIVING TODAY do arquiteto Hermes Mallea é a dica perfeita para se presentear os amantes da decor. O livro mostra o estilo que representa o mobiliário e a decoração cubana que mostra, em suas paginas, ambientes com lindos têxteis e uma grande quantidade de azulejos e cores. Com lindas  fotos e ambientes maravilhosos.












Havana Living Today pode ser comprado aqui link

Natal na fazenda

Há mais de 30 anos, os agricultores Allen e Cindy Gentry vivem em sua fazenda em Franklin, Tennessee. A família de Allen possuiu a propriedade desde 1848, seus filhos são a sétima geração que vive nesse lugar histórico. A família trabalha na fazenda em tempo integral e na temporada de férias é o momento para diminuir a velocidade e refletir sobre a família enquanto celebram sua fé. A casa da fazenda é uma cabana espaçosa e muito aconchegante, com móveis que contam história. "Quando você é uma pessoa criativa, você precisa criar", diz Cindy. "Minha casa é minha tela. Todos os anos, fazemos algum tipo de projeto ou atualização - é um processo contínuo”. Ao entrar na casa, notará uma coleção de placas de veículos favoritas que Allen descobriu ao longo dos anos, enquanto procurava a placa perfeita para o seu Chevrolet vermelho de 1948 (Nos EUA você pode ter uma placa exclusiva para o seu veículo). A cor preferida de Cindy é a vermelha, por isso ela aparece na sua cozinha e coleção de pratos. "A cozinha é tão prática e eficiente", diz ela. "Pode não ser grande e glamorosa, mas tudo está próximo e de fácil acesso". As velas iluminam e trazem aconchego, além de parecer que voltou no tempo. "É complicado obter iluminação aérea e fiação em uma sala antiga", diz Cindy, "Decidimos iluminar a sala com velas". Cindy compartilha com a família os feriados em sua casa. Qualquer hóspede que entra na graciosa cabana, facilmente concorda, pois o sentimento pode ser visto e sentido, não só no Natal, através de cada memória que sua casa possui.












Via Deposito Santa Mariah