terça-feira, 14 de agosto de 2018

Apê com cara de loft no Rio

Uma executiva, que mora sozinha e gosta de praticidade e conforto, procurou o escritório Paola Ribeiro para deixar o seu apartamento de 92 m², na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, mais a sua cara. Considerando o pé direito alto, a Paola se inspirou em lofts fazendo com que o apartamento de 92m² parecesse maior devido o aproveitamento ao máximo de cada ambiente.
















Casa Valentina 

O lar do arquiteto Rodrigo Ohtake

A profusão de linhas sinuosas em concreto que dão forma ao edifício onde vive Rodrigo Ohtake revela que a história deste lar atravessa gerações. Isso porque o prédio residencial erguido há mais de 30 anos foi projetado pelo arquiteto Ruy Ohtake, pai do Rodrigo, e conta com um imenso painel pintado pela artista plástica Tomie Ohtake, avó do morador.O duplex de 280 m² estava vago fazia algum tempo quando o Rodrigo, que também é arquiteto e designer, resolveu ocupá-lo. Mudou-se para lá com a mulher, a jornalista Ana Carolina Ralston, depois de encarar uma obra razoável que levou cerca de cinco meses. Nessa reforma, o arquiteto fez questão de manter a essência do projeto original, mas conseguiu imprimir no espaço o seu próprio DNA. “Coloquei mais algumas curvas e cores”, brinca. Além da retirada de um quarto no piso inferior com o intuito de aumentar o living, os acabamentos antigos que já estavam deteriorados foram substituídos. “A casa é um processo em construção. Ela nunca está pronta, na verdade. São móveis novos que surgem, fotografias novas que colocamos em porta-retratos e assim por diante”.





















Casa Valentina