terça-feira, 18 de setembro de 2018

O charmoso hotel butique TW Guaimbê

Com clima de casa, o complexo de luxo, localizado no coração de Ilhabela, Hotel Boutique TW Guaimbê, garante um serviço exclusivo e personalizado aos hóspedes. Imagine uma casa de praia pé na areia, cercada pelas águas azul-turquesa e pelo verde da Mata Atlântica. Assim é o TW Guaimbê, hotel boutique localizado em Ilhabela, litoral Norte de São Paulo. Idealizado pelo empresário Thiago Wertheimer, o espaço oferece um serviço exclusivo aos hóspedes. A ideia é que lá todos se sintam em casa, com privacidade e bem-estar. As 16 suítes do hotel foram assinadas pela decoradora Suzana Schermann, que priorizou o conforto em cada detalhe. O décor clean abusa de elementos naturais e rústicos, aliados a materiais sofisticados. Mas é a paleta azul e branco que garante o clima litorâneo aos espaços.







Westwing Revista

Casa Elizabeth

"Assim como a rainha inglesa que durante toda sua vida nunca ausentou-se da Inglaterra e conheceu o mundo por meio da percepção de outros, esta casa também assim o faria. Por meio do meu olhar ela foi conhecendo os continentes, suas crenças, seus habitantes e suas histórias. Assim ela foi tornando como suas cada uma das minhas lembranças, dos meus achados e guardados." Eduardo Borges Eduardo comprou esta casa em Curitiba, a nomeou Elizabeth I e a personalizou com base em lembranças da infância e em cenários que viu em viagens pelo mundo, trazendo, conforme ele, "um ar de provence com um british accent". Esta foi a primeira, a que lhe deu a idéia de comprar imóveis antigos e mal conservados, restaurá-los e personalizá-los, e durante o processo escrever alguns contos, outra de suas paixões. Obrigada, Eduardo, pela visita fiel ao blog, é realmente recompensador saber que as postagens diárias lhe servem de inspiração.

















eaborges

Apartamento em Curitiba mistura passado e presente

Entrar neste apartamento, assinado pelo designer de interiores Eduardo Borges, em Curitiba, é como fazer uma viagem no tempo. “O imóvel tem cores, memórias e detalhes dignos de nota, além da capacidade de se ausentar da atualidade, colocando-se em um intervalo temporal que pode ter como cenário tanto Curitiba, como qualquer outro lugar do mundo”, conta ele. Com 97 m², localizado em um prédio de 1943, o imóvel passou por uma reforma radical e se transformou em um loft reversível todo integrado. Entre os ambientes, há apenas algumas divisórias feitas de cobogós, que remetem às décadas de 1950 e 60. Esses elementos garantem ainda uma iluminação especial, com os raios de sol que entram pela janela.















eaborges e Casa Vogue