//

sexta-feira, 11 de março de 2016

A casa de Malin Persson

Malin Persson, designer de interiores e ex-modelo, abre as portas da sua casa sueca, que ela divide com o marido italiano Damiano, e seus três filhos. Juntos, eles transformaram o antigo edifício abandonado, e vivem a perfeita Dolce Vita em estilo escandinavo. Há pouco mais de três anos, Malin e seu marido se apaixonaram por esta antiga casa construída em 1908. Já se passaram dez anos desde que eles se casaram com o turbilhão de emoções que é a vida romana, aqui, nesta cidade eles abriram o Salotto 42, um bar com uma biblioteca no centro da capital (Piazza di Pietra 42, 00186 Roma). Entediado, o casal agora aspira calma e serenidade com seus filhos, Tiago, 9 anos, Milo, 7 anos, e Cleo, 4 anos.

O resultado está á altura das expectativas deste casal. A casa é espaçosa. Grandes bibliotecas, sofás confortáveis, mesas e um enorme banco, um convite para compartilhar a companhia de amigos e familiares. Além disso, Malin gosta de receber. “A nossa porta está sempre aberta, muitas vezes as crianças recebem os seus amigos, posso até mesmo facilmente organizar um jantar com os quinze membros da minha família em torno da mesma mesa. Os nossos amigos italianos vêm visitar-nos regularmente. Eu amo a forma como as pessoas se sentem em casa, eles têm o seu próprio espaço. Quando chega o verão, organizamos jantares maravilhosos no jardim, é divino! “A vida aqui é perto do burburinho Romano. Depois da agitação da vida noturna, Malin e Damiano optaram pela qualidade de vida, perto do mar e passam mais tempo com seus filhos. A família circula basicamente de bicicleta. No interior, a atmosfera é aconchegante, provavelmente através da fusão destes dois países, tão diferentes. Malin admite não seguir nenhuma regra, preferindo a mistura do antigo com o novo, em estilo eclético ( já falamos muito sobre isso aqui no blog). Os restos do passado da casa misturam-se com as antiguidades. “Eu acho que a casa é um lugar muito íntimo, revela uma parte da nossa personalidade. A maioria dos móveis vem da minha família, ou do meu marido, eles contam uma história, a nossa. Eu acho que as casas escandinavas são muito parecidas com as mesmas características, o mesmo mobiliário, são lindas, mas muito impessoais. Leva tempo para construir uma casa com uma história, isso não é feito do dia para a noite, isso é algo que dura toda uma vida. ”



















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário