//

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Apê com móveis de assinatura

Para o arquiteto Felipe Hess, projetar a própria casa não foi uma tarefa das mais fáceis. “São muitas referências acumuladas ao longo do tempo. É difícil sintetizá-las”, explica. A frase pode parecer estranha dita por um arquiteto tão jovem (ele tem 32 anos), mas, acredite, bagagem é o que não falta. Com senso estético apurado, Felipe passou por importantes escritórios brasileiros antes de partir para o voo solo, em 2012. O projeto desse apê paulistano de 140 m² – pensado inicialmente apenas para ele – inaugurou a nova fase profissional e, alguns anos depois, também marcou o início da vida a dois.Algumas das peças do arquiteto, que tem predileção pelo design brasileiro e escandinavo das décadas 1950 e 60, são verdadeiros tesouros: o sofá criado pelo dinamarquês Hans Wegner, os itens assinados por Jean Gillon, Jorge Zalszupin e pela dupla Ansgar Fog e Erik Morup dão uma pequena amostra das relíquias expostas no living.

 






Fonte: Casa Claudia



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário