//

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Uma casa em Miami com estilo étnico e móveis garimpados em brechós

Casa é uma coisa de empatia, e as vezes demora um pouco pra rolar. Sem contar que, não muito raro, sempre tem um cantinho que a gente custa a gostar. Por isso que o tempo é tão fundamental, pra poder observar, descobrir a real função de cada cômodo, sacar como a iluminação natural acontece em cada ponto da casa. Por mais que bata aquele impulso louco de ver tudo pronto, não é comprando tudo num único lugar e às pressas que teremos a casa que nos represente. O exercício de testar, dialogar, de “arrasta pra cá e leva pra lá” é o mais precioso investimento que pode ser feito e, no futuro, evita possíveis frustrações com compras de móveis e objetos que perdem rapidamente a validade. Essa casa aqui, por exemplo, é resultado de muito garimpo e de um olho paciente, que se envolveu e soube tirar proveito e valorizar cada centímetro, já sabendo que pra continuar gostando é fundamental manter-se atento a novas necessidades que vão surgindo.



















Fonte: Casa Vogue


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário