//

quarta-feira, 19 de julho de 2017

2 em 1

Quando a arquiteta Cecilia Reichstul decidiu deixar seu antigo apartamento e mudar-se para uma casa, se deparou com um lote de 207 m² no Alto de Pinheiros, em São Paulo. Ao lado de sua amiga e sócia no escritório CR2 Arquitetura, a arquiteta Clara Reynaldo, Reichstul desenvolveu pessoalmente o projeto de reforma de sua morada – batizada de Casa Geminada – e da residência ao lado, que foi replicada para baratear a obra. “Adotei nos dois projetos o que eu queria para a minha casa, procurando ser um pouco flexível na planta e no layout”, conta. As duas casas foram divididas em três pavimentos. O acesso da garagem, no nível da rua, até a sala de estar é feito por uma passarela suspensa. Já o acesso entre os andares é feito por escadas de concreto sobrepostas. As plantas de ambas as residências são flexíveis para atender a diferentes estilos de morar – a começar pelas paredes de drywallque separam os dormitórios, podendo ser colocadas ou retiradas quando necessário, ampliando ou reduzindo os espaços.


















Fonte AD Mexico 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário